10 anos de tradição na Advocacia
Salvador, Aracaju, João Pessoa, Belo Horizonte, São Paulo e Porto Alegre
Quarta-feira
02 de Dezembro de 2020 - 

Sistema Processual

Usuário
Senha

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Últimas notícias

Presidente da Comissão de Trânsito critica lei que dobra pontos para suspensão de CNH

As novas alterações no Código de Trânsito Brasileiro foram discutidas durantes o OAB no Rádio desta terça-feira (17). Apresentado por Luis Ganem, o programa, realizado pela OAB-BA em parceria com a Rádio ALBA, contou com a participação do presidente da Comissão de Trânsito, Danilo Oliveira, e foi transmitido pela Rádio ALBA e perfil da OAB-BA no Instagram.Ao tratar das alterações previstas no PL 3267/19, sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro em outubro deste ano, Danilo criticou o aumento de 20 para 40 pontos para suspensão do direito de dirigir."A lei já é conhecida como 'PL da morte', por causa dessa flexibilização, que poderá aumentar o número de óbitos no Brasil. Não era o momento de flexibilizar, mas de modenizar nosso sistema", disse Danilo.Ainda sobre as estatísticas, o presidente da comissão ressaltou que, anualmente, 35 mil pessoas morrem no trânsito brasileiro, "número considerado de guerra", refletindo o problema cultural vivenciado no país."Não costumamos educar nossas crianças no trânsito. Temos campanhas pontuais, mas não investimentos em políticas continuadas, o que é um erro, porque trânsito é orçamento e saúde pública", reforçou.Sobre as políticas de fiscalização, Danilo disse que é comum o cidadão se sentir injustiçado pelo sistema de trânsito. "Como não existe uma política educacional, só sobra a ponta da punição, da multa, que acaba trazendo essa sensação de injustiça. É compreensível", explicou.O presidente da comissão falou, ainda, sobre a existência de uma "indústria da multa" no Brasil. "Fala-se em 'indústria da multa' quando só há o viés da arrecadação, com a colocação de radares arrecadatórios em locais desnecessários e a educação do trânsito em colapso", explicou.Danilo encerrou a entrevista chamando a atenção das autoridades para o investimento na educação da população nas ruas. "Todos os números mostram que o trânsito traz impactos imediatos para sociedade. Então tem que ser tratado com a importância que ele merece", concluiu. 
17/11/2020 (00:00)
Visitas no site:  213849
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.